Workshop em Curitiba aborda arquétipo 'criança interior'

Blog de repórter
Data da publicação original:
.
Veiculado originalmente por:
.
Vinícius Sgarbe
,
especial para
Lab Jornalismo 2030.
Imagem:
Annie Spratt
Annie Spratt
/
.

Em celebração ao mês da mulher, a doutora em educação Célia Souza promove o workshop "A criança interior & o feminino". Em entrevista ao Lab Jornalismo 2030, Célia explica a escolha do tema.

Sgarbe — Do que trata seu workshop?

Dra. Célia — É sobre a criança interior e o feminino. É sobre algo que descobri depois de adulta. A criança interior é uma teoria da psicologia analítica. A criança é um arquétipo, e as ideias dela são transpostas para o coletivo. Há muitas facetas, mas vamos tratar da criança ferida, o que é uma experiência pessoal. A minha criança ferida me bloqueava em muitas ações.

S. — O que isso tem a ver com empreendedoras negras?

C. — Sou educadora parental, e há uma discussão enorme sobre a vida da criança. Muitos de nós vivemos experiências em que a criança não tinha razão, foi tolhida na criatividade, e por aí vai. Há paradigmas que a neurociência, a psicologia infantil, a filosofia, a sociologia, que tem até uma área exclusiva, a sociologia infantil, têm enfrentado. Há traumas que podem ser suavizados. Você foi uma criança e sua criança que fica com você para toda a vida. Ouvimos coisas como:

—Cale a boca!
—Você não pode falar!
—Criança só tem que obedecer!
—Criança tem que comer tudo!
—Criança não faz ciência!

E então o adulto vive com problemas infantis.

Existe também o adulto que não cresceu, e há um boom dessa questão. Muitas pessoas tem mais de 30 anos e não conseguem sair da casa do pais, não conseguem trabalhar.

Essa criança interior precisa ser acolhida, precisa ser informada que não é necessário que a jornada seja marcada por traumas.

Serviço

O workshop é uma parceria com a mobilização Afroempreender & Crescer. É nesta sexta-feira (11), às 18h30, na Rua Marechal Deodoro, 450, sala 808. O ingresso custa R$ 30. Para informações, o WhatsApp é +55 96 98135-3284.

Referências

No items found.